sábado, 26 de outubro de 2013

[Poesia] Meus Fones de Ouvido

Bom, hoje, mais um poema em parceria com o Caíque do blog Te Nerdificando!
Espero que vocês gostem!
Esse poema também é da Raquel!


Meus Fones De Ouvido

Ultimamente tenho companhia
Os meus fones de ouvido
Estranho os considerar amigos?!
Mas comigo sempre tem estado

Enquanto me dizes mentiras
Feitas para me desanimar
Eles me ajudam 
Não me deixando escutar
Meus Fones De Ouvido ..

Enquanto vocês "amigos"
Tentam me apavorar
Eles estão em meus ouvidos
Para tranquilizar
Para não os escutar

Eu irei ficar com eles
Com meus fones de ouvido
E quando meus ouvidos sangrarem 
Eu irei aumentar o volume
Pra não ouvir o que falarem

Meus fones de ouvido
Que estiveram comigo
Que tem me entendido
Enquanto tentam me acordar 
Eu & Meus Fones De Ouvido

- Raquel Cortez Machado

Não se esqueçam de passar pelo Te Nerdificando e conferir as postagens do Caique! :) 

 

terça-feira, 15 de outubro de 2013

A Arte de Ensinar

Quando pensamos em professor, nos lembramos de ensinar, e os primeiros professores de nossas vidas com certeza são nossos pais. Com eles aprendemos a andar, falar e seus exemplos e palavras nos ensinam o que devemos ou não fazer. Os pais nem sempre estão certos, mas mesmo errando conseguem nos passar valiosas lições.

Os primeiros professores que temos fora de casa são os do maternal. Não me lembro de muito dessa época, só de um cheiro inesquecível de massa de modelar, lápis de cor e tinta guache. Foi com elas que desenhei minhas primeiras histórias e aprendi o formato de cada letra.

No primário consolidei minha ferramenta mais preciosa. A leitura. Com ela somos capazes de ir atrás do conhecimento e deixamos de ser passivos em relação ao aprender. Tornamo-nos um pouco professores.

Acho que não tem lugar que eu sinta mais falta do que a escola. O bom é que eu não sinto isso apenas agora. Sempre dei valor à minha vida de estudante e aproveitei com prazer cada minuto. Acordar cedo, aprender muito nas aulas, ter deveres de casa, provas (okay, essas eu não gostava tanto assim) era muito bom e eu já temia a hora em que isso tudo iria acabar. 

Ainda criança, eu tive contato com um grupo de professores que ampliou ainda mais meu universo. Estava aprendendo as primeiras sentenças em português quando passei a aprender um segundo idioma: o inglês. Dizem que é mais fácil consolidar um idioma quando o aprende ainda na infância. Talvez seja, mas como não testei outra forma não posso avaliar com certeza.

sábado, 12 de outubro de 2013

[Poesia] Solidão

Oi pessoal!
E aí, estão gostado dos posts em parceria com o blog Te Nerdificando?
Hoje tem mais um poema!
Não esqueçam de comentar!
Solidão

Solidão não é estar sozinho,
Solidão é o mundo não te ver
e pelo mais que grite
ninguém te perceber.

Solidão não é privacidade,
Solidão é em meio a multidão
Chorar sem ser notado
E só te verem como gozação.

Solidão não é independência,
Solidão é depender sem ter,
Depender de amor.
Mas o mundo veio a esquecer
De como é cruel a solidão.

Ninguém está realmente só,
Mas a solidão habita na mente 
De quem acha que Deus não está.
Mas na vidas se aprende
A tirar a solidão da mente.
- Raquel Cortez Machado
Não se esqueçam de visitar o blog to Caique!
Hoje tem texto meu lá também!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...