terça-feira, 6 de agosto de 2013

Você não sabe o quanto é lindo/a

Uma campanha publicitária sugeriu há um tempo que algumas mulheres se descrevessem para um desenhista e ele faria um retrato delas como se descreveram. Depois era pedido a outra pessoa, que havia tido um breve contato esta que já fora desenhada, para descrevê-la e assim produzir uma nova gravura. Ao final do experimento a pessoa era apresentada aos dois desenhos. E eles eram completamente diferentes.

O objetivo da campanha era passar a ideia de que as mulheres são mais bonitas do que se veem, mas minha opinião é que a beleza não é algo que seja pontual e mensurável, na verdade ela depende dos olhos de quem vê.
A pessoa que se descreve conhece todas as suas qualidades e defeitos e às vezes se fixa mais nos defeitos porque é o que ela deseja mudar. Já quem descreve uma pessoa que acabou de conhecer talvez não tenha dado atenção ao que é feio naquele rosto ou talvez nem tenha achado feio. A beleza é subjetiva.

Passamos por várias situações na vida. Boas e ruins e quando construímos nossa opinião, tudo isso conta. Apesar de não sermos iguais somos bastante parecidos, e em nossa memória estão gravadas, além das nossas experiências, as características das pessoas que estiveram presentes (ou não) naquele momento. Esse conjunto de informações influencia sua opinião sobre o que é bonito e o que é feio. E não só quando estamos falando sobre pessoas. Um acontecimento desagradável em algum lugar pode fazer com que não gostemos de determinadas paisagens ou objetos. Essas preferências são armazenadas pelo nosso cérebro sem que tomemos uma decisão consciente em fazê-lo.

Faça um pequeno teste. Pegue fotos de pessoas, lugares, animais ou objetos e peça para que as pessoas selecionem o mais bonito. Você vai ver que muitas das escolhas serão diferentes das suas e cada vez mais diferentes entre as pessoas de idades diferentes, cidades diferentes ou gosto musical diferente dos seus e continua variando. Isso mostra o quanto a beleza é subjetiva. O que agrada muito a uns, pode não agradar aos outros.

Com toda essa informação, não consigo entender porque as pessoas insistem em uma beleza padrão, ou pior, não sei de onde vem a necessidade de dizer umas as outras que são feias, visto que essa opinião é algo tão pessoal. Isso tem acontecido bastante na internet. Terra das redes sociais onde se faz de tudo para chamar a atenção.

Sim. Eu já fui “elogiada” de feia na internet, por uma pessoa com quem eu nunca tinha tido contato prévio ou tivesse dado motivo. Sei que não fui a primeira e infelizmente não serei a última a passar por esse tipo de constrangimento que não ajuda em nada e serve apenas para a promoção de quem o fez. Quem já passou por essa situação sabe como é.

A única coisa que eu tenho a dizer é: não levem isso em consideração. Claro que existirão pessoas que vão te achar feio (a) ou bonito (a). Cada um tem sua preferência.

Agora um apelo para quem faz esse tipo de comentário: você não está ajudando em nada. Só tentando aparecer. É sua opinião, concordo e respeito, mas ao fazer um comentário desses a uma pessoa que você nem conhece é maldade pura e demonstra sua incapacidade de viver em sociedade graças a seu egoísmo. É o tipo de julgamento objetivo que se faz sobre uma coisa subjetiva que não vai ajudar a melhorar nada e ainda vai gerar uma falsa impressão na pessoa como se a sua opinião fosse a única no mundo. Pare de pensar em você, sobre o “sucesso” que fará entre os outros por dar uma opinião dessas e coloque-se no lugar da pessoa que você ofendeu. E eu sei de uma coisa que pode te surpreender: tem gente que te acha feio também.



Meus lindos leitores, nunca se esqueçam:




A beleza está nos olhos de quem enxerga e não no que é visto.

12 comentários:

  1. Sábias palavras amiga ^^
    Adorei seu texto, e vi essa matéria das fotos, fiquei surpreendida!!
    Adorei seu post..

    beijos Mila
    http://www.dailyofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! :D
      Fico feliz que tenha gostado!!

      Beijusss;

      Excluir
  2. Estava pensando nisso esses dias sabia? Minha irmã tava vendo uma foto da minha mãe quando criança, e ao invés de elogiar falou mal do nariz dela rs. E eu disse: o raça de humanos que só sabem ver o defeito um do outro, nunca ninguém elogia.

    Um beijão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é. Mas o pior é que muita gente não percebe, e muitos não admitem, é que o que é bonito (ou feio) pra você, pode não ser para os outros. As pessoas tem o péssimo hábito de achar que são donas da razão e que apenas suas opiniões estão certas...

      Beijusss;

      Excluir
  3. Muito legal o texto e se trata de um tema importante na atualidade. As pessoas se preocupam demais com as outras e esquecem de admirar quem elas são de verdade.
    Muito bom Helaina.
    Beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, mas o pior mesmo é achar que existe somente um padrão fixo de beleza. O que é uma enorme mentira! Somos todos diferentes e gostamos de coisas diferentes! ^^

      Obrigada!:D

      Beijusss;

      Excluir
  4. Lindas palavras! Já salvei seu post no meus favoritos pra colocar na minha coluna de links, todo mundo tem que ler isso *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada! :D
      Fico muito feliz que você tenha gostado!!
      Valeu mesmo!!

      Beijusss;

      Excluir
  5. Acertou em cheio no tema. A famosa ditadura da beleza impõe padrões que uma pequena parcela da população se encaixa. Devíamos nos preocupar menos com o feio e o bonito e olhar dentro das pessoas, que é o que realmente importa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza!
      Mas podemos ver a beleza exterior também, compreendendo no entanto que o que me agrada pode não agradar à você, e vice-versa.
      O padrão de beleza é uma coisa sem sentido já que cada um tem um gosto.
      Não existem pessoas feias para todos ou bonitas para todos.

      Excluir
  6. Péssima notícia, Helaina: as pessoas que fazem este tipo de comentário na internet não são cultas. Geralmente são idiotas que não gostam de ler nem a manchete do jornal. Ou seja: elas nunca lerão este lindo texto que você escreveu, e consequentemente não lerão o que você disse a elas no final. Fazer o quê.

    Quando vejo coisas assim, só solto risadas. Beleza é subjetiva mesmo. Minha mulher, por exemplo, é LINDA. Mas ela inveja umas mulheres modelos que são MAGRAS PRA CARAMBA e pesam, sei lá, 45kg. Ela quer ser igual a elas. Mas eu acho todas esas magérrimas feias demais!!! Prefiro minha mulher como está!!! rs rs rs rs

    Em situações como esta, lembre-se da máxima:

    "Grandes mentes discutem ideias.
    Mentes medianas discutem fatos.
    Mentes pequenas discutem pessoas."

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pior que você está certo. o Que é uma pena. Mas eu escrevi esse texto também (ou talvez até mais) para as pessoas que levam esses comentários à sério. Que deixem de pensar assim.

      Com certeza! Eu acho que algo como um padrão de beleza é algo tão real quanto um unicórnio de rabo de arco-ires. XD
      O "padrão" é a opinião de uma minoria que enfia suas preferências goela abaixo da maioria.
      Pois é.

      Verdade!
      Vou me lembrar!

      Excluir

Agradeço muito a sua visita!
Deixe um comentário!

- Atenção:
Ao comentar você concorda com as políticas de comentários do blog. Caso tenha dúvidas sobre como comentar, ou queira saber quais são essa políticas, acesse: Políticas de Comentários.

Obs: Os comentários dos leitores não refletem a opinião do blog.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...