quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

O Último Suspiro


“Eu não sei como chegamos a esse ponto. Depois de tantos meses, tantas conversas sussurradas ao ouvido e agora eu tinha que decidir o que fazer. Seja lá qual fosse a decisão, estaria acabado, não haveria volta. Não sei se conseguiria fazer a escolha sozinho. Eu te amo profundamente, mas outra pessoa que eu também amo está em jogo; eu. Sei que parece egoísmo, mas nessa situação eu tenho que pensar em mim também. Droga! Porque tínhamos que chegar a esse ponto?!

Espero que não me arrependa da decisão que tomarei, mas sou eu ou você. Porque eu não trouxe uma faca? Estar apenas com essa embalagem plástica nas mãos deixava as coisas piores. Mas não havia mais tempo para arrependimentos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...